A prova de Silverstone contou com 18 pilotos na linha de partida. A prova de qualificação ditava a pole position para João Barbosa seguido por Marco Félix e Sérgio Azevedo.
Ao apagar das luzes vermelhas Marco Félix arranca melhor e consegue ganhar a primeira posição a João Barbosa, entretanto Sérgio Azevedo cai para a quinta posição, na segunda volta acaba por ter um pequeno toque com Nuno Abreu e fica atravessado na pista, sendo que aguardou que todos os pilotos circulassem em segurança e só depois retornou à prova, mas já na posição 18. Assim ficava traçado o destino de Sérgio Azevedo, fazer uma corrida de trás para a frente a partir da segunda volta.
Na frente as coisas corriam relativamente bem aos primeiros, no entanto, João Barbosa na volta 10 trocava de posição com Marco Félix e voltava a liderar a prova.
A merecer destaque estava também Carlos OConnor que tinha arrancado da box devido a penalização na prova de RedBull Ring e que viria a terminar em oitavo lugar, recuperando assim nove posições, e claro que Sérgio Azevedo que a partir da segunda volta teve a recuperar a partir do último lugar até chegar ao quarto lugar.
No entanto João Barbosa, devido a ultrapassar a linha de trajectória da pista, sofre uma penalização de Stop & Go, ao cumprir essa penalização excede a velocidade permitida na entrada da box e volta a ter que cumprir mais uma penalização ficando assim remetido para o quinto lugar. Quem beneficiou com esta situação foi Marco Félix que termina a prova em primeiro lugar seguido de Nuno Abreu e Rui Oliveira.
Neste momento a classificação de pilotos é a seguinte:

1 .: Marco Félix :. 136 pts

2 .: João Barbosa :. 135 pts

3 .: Sérgio Azevedo :. 124 pts